últimas notícias sobre o COVID-19

Por que certas Conferências não progridem?

por | jun 24, 2019 | Formation, Reflexões espirituais | 2 Comentários

É sempre bom ouvir relatos das Conferências que progridem, expandem sua atuação e buscam, sem cessar, a promoção dos assistidos. É empolgante saber que uma Conferência criou uma Obra Especial, ou que terminou a residência de uma família carente, ou ainda obteve a aposentadoria para algum assistido. Como é bom ver a Conferência trabalhando bem, focada em resultados, observando a Regra da SSVP e melhorando as condições de vida dos menos favorecidos.

Contudo, é triste ver uma Conferência estagnada, em que o presidente está acomodado e os confrades e consócias caíram na rotina. Lamentável é comprovar um grupo que não realiza mais aquelas animadas confraternizações entre os vicentinos, que não rezam mais o Rosário antes das reuniões, que não trocam experiências com outras unidades e que não recebem mais visitantes em suas demoradas e desmotivadoras reuniões.

Que lástima é verificar que a União Fraternal azedou e que aquela creche vicentina parou de receber as tradicionais doações que sempre a Conferência fazia e que a distinguia das demais por sua capacidade de doação. Que pena é ver que as coletas estão minguadas, não condizentes com o nível social e até cultural de seus membros. Que horror é constatar que a Conferência não participa dos cursos da Escola de Capacitação e há muito tempo não sabe o que significa a palavra “festa regulamentar”. Terrível é observar que os vicentinos não mantiveram seus subscritores fiéis, nem se esforçam para obter novos contribuintes para as obras sociais da entidade.

Assinatura de boletins e revistas vicentinas, nem pensar! Para que isso? É preocupante esse tipo de comportamento que, infelizmente, está contaminando até as Conferências tidas como modelo, que sempre foram baluartes em nossos Conselhos Particulares. O que está havendo? Cadê o envolvimento e o comprometimento que sempre tivemos? Por que estamos deixando de cumprir a Regra, ou pior, estamos adaptando a Regra às nossas conveniências: deixamos de fazer a visita semanal, paramos com os retiros espirituais, negligenciamos com as décimas, etc.

O que dizer de conflitos entre Conferências que atuam numa mesma paróquia? Como encarar a falta de caridade e a intolerância que nos desagregam? Como analisar brigas entre confrades e consócias por conta de discussão sobre a sala da Conferência, sua área de atuação, número de doações ganhas e até a limpeza da sede? O que fazer com os vicentinos impacientes com os membros mais idosos?

É por isso que certas Conferências não progridem. Elas involuem, retrocedem. O único remédio para esse tipo de situação encontra guarida no binômio “oração e formação”. Só com muita oração e com capacitação vicentina essas unidades vão ressurgir e retornar ao espírito primitivo que as motivou em sua fundação. É preciso  “voltar às origens” e refundar cada Conferência.

As Conferências que evoluem são aquelas em que reinam a paz, a concórdia e a caridade entre seus membros; onde as opiniões de todos são respeitadas; onde seus membros são amigos, antes de tudo, e esforçam-se para transformar o grupo numa verdadeira comunidade de fé. A Conferência que cresce é aquela que acolhe os jovens com denodo e em que a alegria é elemento primordial nas reuniões, visitas, ações caritativas e no contato com o pobre. Progredirá a Conferência harmônica, cujos membros abominam a vaidade e a autopromoção, e cuja obsessão consiste na ajuda integral aos pobres; tudo mais é pequeno, é mesquinho, é detalhes sem importância.

Agora responda: sua Conferência tem progredido ou regredido?

Renato Lima de Oliveira
16º Presidente General de la Sociedad de San Vicente de Paúl

2 Comentários

  1. Fabio

    Ela nesse momento esta progredindo, mais ainda falta muito para ser tornar um conferencia modelo, pq ainda ha confrades que nao abracao. Missao como deve ser. Mais aos poucos as coisas vao se encaixando e vamos tocando a conferencia com os membros que realmente tem a vocacao e com o servico vai mostrando outra cara e tocando coracoes para caminhar conosco na missao em servir aos nossos mestres e senhores. LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO!!

    Responder
  2. Marcia Regina Chanchetti

    LSNSJC! Olá, acredito q minha conferência está progredindo, pois temos muitos trabalhos de caridade para com os pobres! Além das visitas q fazemos, mensalmente reunimos com as famílias assistidas em uma escola perto do bairro que eles moram. Usamos salas de aula para orientações, orações com os adultos e as crianças ficam em outra sala para serem evangelizadas. Também temos outra sala com doações de roupas e sapatos. Nós Vicentinos nos dividimos em grupos pequenos para desenvolver os trabalhos. Também os homens ficam no controle das cestas básicas. Temos 14 famílias!!! Fazemos a confraternização de Natal com celebração da missa com nosso assessor espiritual. Temos um coral Vicentino, q canta nessa celebração e também canta uma vez no mês na capela de São Vicente. Também cantamos em outras paróquias!!! Fazemos também uma vez no mês, a coleta de alimentos num condomínio aqui de minha cidade. Estamos na ativa . Temos muitos membros na conferência e os jovens q estão chegando vem conhecer nosso trabalho. É isso!!! São Vicente rogai por nós!!! Abraço!!!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Doar para .famvin

Ajude-nos a continuar a trazer-lhe notícias e recursos na web.

Pin It on Pinterest

Share This