Dentre os principais clichês, ditados populares ou frases do senso comum escutadas ou lidas no Brasil estão: “Amigo é pra essas coisas”, “A união faz a força”, “É melhor prevenir do que remediar” e a clássica “O Brasil é o país do futebol”. Destaca-se no meio vicentino a frase: “A juventude é o futuro da Sociedade de São Vicente de Paulo”. Duvidaria acreditar que um vicentino nunca a ouviu.

A luta pelo movimento de juventude, que no ano passado completou 50 anos em nosso país, trouxe o clamor dos jovens que lutaram para ser ouvidos e, consequentemente, tentaram revolucionar de alguma maneira nossa estimada Sociedade de São Vicente de Paulo, assim mantendo o espírito audacioso e jovem de nossos fundadores.

Com as atuais necessidades de nossa Sociedade, a juventude não pode se limitar a exercer aquilo que, em tese, seria sua responsabilidade. Recrutamento, animação e continuidade do Carisma são extremamente importantes, mas para que haja uma juventude protagonista e atuante, é preciso que surjam jovens corajosos a ponto de assumir cargos de liderança em nossas Obras, Conselhos Particulares, Centrais, Metropolitanos e por que não em âmbito nacional e internacional?

A liderança em Obras e Conselhos deve ser encarada pela juventude como a oportunidade de fazer a diferença na vida também de nossos internos. Gerir bem é ser responsável pelo dinheiro dos Pobres.

Juventude, os Pobres não podem esperar o futuro chegar!

Confrade Lucas Rafael Oliveira de Vergilio
Coordenador de Jovens para a Região IV
Fonte: http://www.ssvpbrasil.org.br/

Pin It on Pinterest

Share This