Sections

“Caridade e Meios de Comunicação”, conferência de Renato Lima

No sábado, 11 de novembro, a SSVP da Itália organizou, em Turim, uma videoconferência intitulada “Caridade e Meios de Comunicação Social”, com a participação de 300 pessoas, no auditório da União Industrial de Torino. A mesa redonda foi moderada pelo consocio Alessandro Ginotta. Do Brasil, participou o 16º Presidente Geral da SSVP, Renato Lima. Você pode ler o discurso de Renato abaixo:

Queridos amigos vicentinos da Itália

Queridos jornalistas

Boa tarde.

É com imensa alegria que eu participo, nesta tarde, deste importante evento organizado pela Sociedade de São Vicente de Paulo da Itália, para refletir criticamente sobre o tema “Caridade e os Meios de Comunicação Social”.

O Conselho Geral Internacional, do qual eu sou o 16º Presidente Geral, não só parabeniza os Vicentinos da Itália por essa brilhante iniciativa como também estimula que outros Conselhos Superiores façam o mesmo, em seus países.

Esse é um assunto do qual eu tenho grande predileção, por dois motivos. O primeiro motivo é obvio, já que sou o representante internacional dos Vicentinos. Nós lidamos com a caridade! A segunda razão é profissional: sou jornalista e atuo no mercado de comunicações desde quando saí da Universidade, em 1991.

Hoje em dia, com o avanço das redes sociais, nunca foi tão oportuno falar sobre os meios de comunicações e refletir sobre o impacto deles no cotidiano das pessoas, dos governos e das instituições.

O mundo mudou, e os meios de comunicação também. A leitura diária de jornais vem cedendo espaço para os posts nas redes sociais, alterando a maneira como as pessoas se informam.

Há ainda o fenômeno das “fake news” que confundem os leitores e desqualificam as fontes confiáveis, já que tudo é passível de ser informado. É preciso ter cuidado com esse mundo novo, em que nem sempre as informações são verdadeiras.

Os Conselhos Vicentinos devem estar preparados para desenvolver ações que melhorem a comunicação interna e a comunicação externa. As notícias das Conferências precisam ser conhecidas, e as decisões dos Conselhos precisam ser difundidas. Isso só pode acontecer se a comunicação fluir corretamente.

E como ficam as entidades sociais, como a nossa, nesses tempos modernos?

Primeiramente, vivemos um dilema histórico, que é a questão da publicidade de nossos atos de caridade. Jamais podemos usar os meios de comunicação para nos promover ou fazer propaganda sobre os nossos feitos. Somente Deus deve olhar a nossa caridade ao irmão que sofre. Contudo, temos que saber divulgar nossas obras e, assim, conseguir mais apoiadores para a causa vicentina. É um dilema e, acima de tudo, uma linha bem tênue entre a “promoção indevida” e a “informação necessária que deve ser propagada”.

Portanto, esse mundo novo exige de nós, vicentinos, uma postura moderna para agir junto aos meios de comunicação, sem expor a imagem das pessoas assistidas, ao mesmo tempo em que podemos utilizar os meios de comunicação para difundir nosso carisma, recrutar novos membros e obter mais doações.

Não é uma tarefa fácil, mas deve ser perseguida. Devemos usar responsavelmente os meios de comunicação na defesa da justiça social e na proteção dos direitos dos vulneráveis. Da mesma forma, somos instados a aproveitar as ferramentas da modernidade em prol dos mais carentes. Ozanam e São Vicente, como certeza, se estivessem fisicamente entre nós, hoje, estariam preocupados com essa temática.

Antes de encerrar, gostaria de anunciar que o Conselho Geral Internacional estará lançando, em 2018, o novo site e um novo vídeo institucional. Daremos continuidade à política de transparência com a transmissão, ao vivo, pela Ozanam TV, das reuniões do Conselho Geral e dos principais eventos internacionais. Se Deus quiser, iremos avançar muito na comunicação vicentina internacional.

E termino essa minha breve intervenção desejando, novamente, meus sinceros parabéns ao Conselho Nacional da Federação Italiana pela iniciativa de realizar esse diálogo entre a caridade e os meios de comunicação.

Que Deus nos abençoe!

Renato Lima
16º Presidente Geral

No comments yet.

Deixe uma resposta