Amar os Pobres

Amar os Pobres

“O amor é paciente, é benfazejo; não é invejoso, não é presunçoso, nem se incha de orgulho; não faz nada de vergonhoso, não é interesseiro, não se encoleriza, não leva em conta o mal sofrido; não se alegra com a injustiça, mas fica alegre com a verdade. Ele desculpa...

Pin It on Pinterest