Nas Missas e demais atividades realizadas nesta sexta-feira (27), os franciscanos lembram de uma pessoa muito importante na história vicentina. É o bem-aventurado Antônio Frederico Ozanam, um dos principais fundadores da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP).

Enquanto os membros da SSVP celebram Ozanam no dia 9 de setembro, os franciscanos o reverenciam em 27 de dezembro.

  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
  • Print or Email

O Santoral Franciscano é o livro com as datas dos veneráveis, beatos e santos que seguiram São Francisco de Assis. Nele, Ozanam é celebrado em 27 de dezembro

Com a colaboração do jornalista Moacir Bego (assessor de Comunicação dos franciscanos) e do Frei José Francisco de Cássia dos Santos (diretor do Serviço Franciscano de Solidariedade) foram feitas pesquisas sobre a origem da data, no entanto, nenhum documento explica o motivo de ser em dezembro, já que Ozanam nasceu em abril e morreu em setembro.

Uma das hipóteses é de que tenha sido o dia quando ele fez a profissão (rito de ingresso) na Terceira Ordem Secular Franciscana, embora estudos do confrade Renato Lima de Oliveira (presidente-geral da SSVP) apontem que Ozanam deva ter entrado no movimento em junho de 1853.

A incerteza da origem da data não prejudica em nada a beleza da festa cultuada ao principal fundador da SSVP pelos franciscanos. O Frei José Francisco explica que nas celebrações do dia 27 de dezembro, o modelo de vida e liderança de Ozanam é citado como exemplo para todos os cristãos. “Ozanam foi um homem muito à frente de seu tempo, não à toa que se tornou um bem-aventurado da Igreja, e as reflexões dele foram muito importantes na elaboração da Doutrina Social da Igreja (documento sobre a dignidade humana e o bem comum na vida em sociedade)”.

OZANAM E OS FRANSCISCANOS

Há nos arquivos dos franciscanos documentos que revelam informações importantes sobre o papel de Ozanam. Ele teria fundado a primeira biblioteca franciscana popular, com a ajuda dos frades capuchinhos e dos terceiros seculares de Paris.

Em todos os artigos, o principal fundador da SSVP é colocado como importante estudioso da literatura franciscana. Ele teria ingressado na Ordem Secular de São Francisco após uma carta que recebeu do padre-geral, pouco antes de sua morte, e da qual falou com orgulho: “O padre-geral me coloca em número de benfeitores da Família Franciscana e me associo aos méritos dos Frades Menores, que trabalham e oram por todos; não é o menos tocante dos meus títulos”.

O presidente-geral da SSVP destaca que a proximidade de Ozanam com os franciscanos se dá pela admiração que ele sempre cultuou a São Francisco de Assis. “A literatura franciscana aponta que Ozanam era fascinado pelo modelo de vida evangélica apresentado por São Francisco de Assis. Ele identificava muita semelhança entre a prática vicentina e o carisma franciscano, diante da proximidade com os Pobres, encarnando esse ideal em sua vida cotidiana”.

RELÍQUIA

A relíquia de Ozanam, que está em peregrinação pelo Brasil, é um pedaço de tecido grosso na cor creme usado pelos franciscanos em ritos funerários. Os corpos são envolvidos neste tecido. Quando Ozanam morreu, como ele também era franciscano, recebeu essa homenagem.

Deste tecido, em 1929, quando da exumação do corpo para a abertura do processo de canonização, foi retirado um pequeno pedaço, com a autorização dos descendentes de Ozanam. Essa parte foi subdivida em porções menores, e hoje o Conselho Geral Internacional a distribui, conforme aconteceu com o Brasil, que foi presenteado pelo confrade Renato Lima no ato da posse do confrade Cristian Reis da Luz.

  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
  • Print or Email

Estátua com a relíquia de Ozanam

Fonte: Redação do SSVPBRASIL – http://www.ssvpbrasil.org.br/

Pin It on Pinterest

Share This