Quando Antônio Frederico Ozanam fundou a Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), queria que fosse um grupo de amigos que se esforçassem juntos para combater a fome. Só que a Obra empreendida por ele não traz benefícios apenas aos Pobres; os membros da instituição também recebem muitas graças, dentre elas, a amizade.

O site SSVPBRASIL conta a história do confrade Anderson José Schreneir Petry, de 26 anos, membro da Conferência São Francisco de Assis, em Medianeira (Paraná). Há 2 meses, descobriu que estava com câncer no testículo. Um momento difícil na vida deste jovem, no entanto, que lhe trouxe muitos aprendizados. Foi nessa hora que ele percebeu como é importante ter amigos e, melhor ainda, ter amigos vicentinos.

O tratamento contra a doença é feito na cidade de Cascavel, cerca de 90 Km do município onde Anderson mora. Nos dias quando faz quimioterapia, fica muito debilitado, por isso, pegar a estrada seria inviável.

Ao participar de reuniões do Conselho Particular local, ele conheceu o casal de vicentinos: confrade Manoel e consócia Elenir. Alí, nasceu uma verdadeira amizade. Vendo a dificuldade de Anderson, Manoel e Elenir abriram a casa deles para acolher o jovem. “Eles me tratam como filho. Buscam-me no hospital e levam para casa. No dia da quimio, meus braços doem, o estômago fica pesado e sinto ânsia de vômito, mesmo assim, a cosócia Elenir é insistente para eu comer”, diverte-se Anderson com a situação.

  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
  • Print or Email

Anderson e os amigos Manoel e Elenir

Segundo o confrade, o apoio vicentino tem sido fundamental pela recuperação dele. “Eu sinto que não estou sozinho e, por isso, preciso lutar pela vida. Não é um ‘cancerzinho’ que vai me derrubar”, afirma.

O tratamento de Anderson deve terminar nesta semana. “Estou confiante que agora é vida nova. Saio desta doença mais forte e com uma amizade muito sólida e bonita com o senhor Manoel e a senhora Elenir”.

Fonte: Redação do SSVPBRASIL
http://www.ssvpbrasil.org.br/

Pin It on Pinterest

Share This