No dia 21 de julho de 2019, a Sociedade de São Vicente de Paulo celebra, com imensa alegria e júbilo, os 180 anos de fundação do Conselho Geral Internacional (CGI). Ao final desta matéria, disponibilizamos o arquivo em PDF da primeira ata do Conselho Geral.

O Conselho Geral, como o conhecemos hoje, é produto do desmembramento do “Conselho de Direção” em dois outros órgãos administrativos: o “Conselho de Paris”, para cuidar das Conferências da capital francesa (16 unidades àquela altura); e o “Conselho Geral”, responsável pelo crescimento da SSVP fora da área territorial de Paris (com 22 Conferências naquele momento).

É importante salientar que o “Conselho de Direção” já existia desde 1836, quando da elaboração da primeira Regra. Porém, durante uma reunião realizada em 14 de julho de 1839, os líderes da SSVP aprovaram o desmembramento do “Conselho de Direção” e a consequente criação do Conselho Geral, cuja decisão foi referendada numa Assembleia Geral em 21 de julho de 1839. Portanto, a data de nascimento do Conselho Geral é 21 de julho de 1839. A primeira reunião oficial do novo Conselho somente ocorreu em 27 de dezembro de 1840. Na nova redação da Regra (1839) passou a constar a expressão “Conselho Geral”.

A expressão “Conselho Geral Internacional” somente surgiu em 1967, quando o “Conselho Geral de Bolonha” (ramo feminino da SSVP) se fundiu com o ramo masculino, criando uma só Sociedade de São Vicente de Paulo, mista, com homens e mulheres.

Nesses 180 anos de vida, o Conselho Geral já teve 16 Presidentes Gerais, sendo o primeiro deles o confrade Emmanuel Joseph Bailly de Surcy, e o atual é brasileiro Renato Lima de Oliveira (o primeiro do Hemisfério Sul). Algumas curiosidades: o Presidente Geral que permaneceu mais tempo no cargo foi Adolphe Baudon (38 anos). O Presidente Geral mais novo, ao ser eleito, foi Adolphe Baudon (28 anos de idade). O Presidente Geral durante a fusão com o ramo feminino foi Pierre Chouard. O Presidente Geral mais idoso, ao ser eleito, foi Jacques Zeiller (65 anos). O primeiro Presidente Geral não francês foi César Augusto Nunes Viana, de Portugal.

Durante a reunião plenária anual do Conselho Geral, realizada entre 13 e 16 de junho passado, foram comemorados os 180 anos do Conselho Geral com várias atividades, como o lançamento de três livros vicentinos, a assinatura de convênio de cooperação com os Religiosos de São Vicente de Paulo e o lançamento da canção “Os Sete Fundadores”, que enfatiza as virtudes dos sete pioneiros da Sociedade.

Pedimos que, no dia 21 de julho de 2019, em cada paróquia pelo planeta onde houver uma Conferência vicentina, seja incluída no rol das orações da santa missa dominical a seguinte intenção: “Pelos 180 anos do Conselho Geral Internacional da Sociedade de São Vicente de Paulo, para que continue levando adiante a mensagem de paz, unidade e caridade a todos os vicentinos e aos pobres do mundo”.

Rezemos pelo nosso Presidente Geral Renato Lima, pela diretoria internacional e por todos os confrades e consócias que prestam algum tipo de serviço na Estrutura internacional. “Reconhecemos, nesta data, não só os sete fundadores da SSVP, mas também os primeiros membros e todos aqueles que atuaram no Conselho Geral nesses 180 anos, especialmente por aqueles que já se encontram na Casa do Pai”, reconheceu o Presidente Renato Lima.

Mais detalhes sobre os primórdios da SSVP e a fundação do Conselho Geral podem ser encontrados no livro do renomado autor francês Matthieu Brejon de Lavergnée (páginas 217-230), intitulado “A Sociedade de São Vicente de Paulo no Século XIX”. Mais informações: cgi.formation@ssvpglobal.org.

Clique aqui para ler essa parte do livro.

Clique aqui para ter acesso à primeira ata do Conselho Geral, de 21 de julho de 1839.

Fonte: https://www.ssvpglobal.org/

Pin It on Pinterest

Share This