Em 12 de evereiro de 1844, 13 senhores se encontraram no Hotel Sabloniere, localizado na Praça Leicester, em Londres, e concordaram em formar uma Conferência da “Sociedade de São Vicente de Paulo”. Frederick Lucas chegou a ser eleito presidente, mas recusou logo em seguida, e Charles Paglioni (o dono do hotel) foi eleito como o primeiro presidente. A fundação aconteceu por conta dos os esforços anteriores feitos em Londres e Paris.

Em 1840, Frederico Ozanam tinha retornado de Lyon para Sorbonne, em Paris, de onde ganhou um grande número de seguidores por conta de suas palestras. Em 1841, ele conehceu um estudante da L’École des Beaux-Arts’ (Escola de Belas Artes) chamado George Wigley, que nasceu em Manchester, mas foi criado em Boulogne e educado por uma tia.

Wigley perguntou a Ozanam como ele poderia formar uma Conferência em Londres, e foi aconselhado de que deveria usar seus contatos com a imprensa católica. Conhecendo Frederick Lucas, o dono e editor do “The Tablet” (uma revista Católica semanal), George enviou para ele uma tradução da Regra.

Enquanto isso, um clérigo anglicano que em 1830 se converteu ao catolicismo (George “Ignatius” Spencer) se tornaria um entusiasta da Sociedade. Ele tinha sido ordenado padre católico e tinha sido apontado como diretor espiritual do seminário St Mary’s College (Colégio de Santa Maria), na cidade de Oscott. Sua família era rica e aristocrata – sendo tio-avô de Winston Churchill (ex-Primeiro Ministro do Reino Unido) e tio-tataravô de Diana, Princesa de Gales. Enquanto isso, no seminário em Oscott, ele encontrou-se com M. Baudon, então Secretário-Geral da SSVP. No seu retorno à Paris, M. Baudon  enviou a ele o seu primeiro Relatório Anual em 1841.

Em 1843, Padre Spencer escreveu um artigo para a revista “Catholic Magazine” sugerindo que os católicos deveriam formar e se juntar à Sociedade. Esse artigo foi reproduzido no “The Tablet” e em outros veículos de informação, provavelmente também escritos por Padre Spencer, que recentemente foi declarado “Servo de Deus” como o primeiro passo para a sua santidade. Esses foram  os acontecimentos anteriores ao encontro em Londres em 1844.

No fim de 1844, havia cinco Conferências em Londres. Em 1850, na Inglaterra, havia 18 Conferências e 293 membros. Atualmente, na Inglaterra e País de Gales, existem aproximadamente 1.000 Conferências com 8.000 membros.

Depois da fundação da Sociedade em Paris em 1833, várias Conferências foram fundadas na Itália (1836) e na Bélgica (1842). A Irlanda seguiu a Inglaterra em 1844, com a Escócia um ano mais tarde (1845). É muito bom conhecer a história da criação da SSVP em nossos países! Parabéns aos vicentinos da Inglaterra e do País de Gales pelos 175 anos de existência da SSVP!

Fonte: https://ssvpglobal.org/

Pin It on Pinterest

Share This