Ir. Maria Isabel nos informa:

Que no dia 22 de Outubro, recebemos uma carta do Superior Geral sobre a Aliança “Famvin” com os sem-teto “. Neste sentido, quero informá-los que, como Província, estamos envolvidas nesta Aliança e podemos relatar dois belos projetos que estão sendo realizados, o primeiro em Assunção, no Paraguai, no bairro da Sagrada Família, capacitado por famílias deslocadas pelas antigas enchentes.

Ir. María Dolores e Ir. Teresita Giménez acompanharam este grupo de 50 famílias e, graças aos esforços envidados, a Arquidiocese de Assunção lhes outorgou as terras onde estão assentadas, e então a SENATIVAT aprovou a construção das 5 casas. Estamos na gestão, actuação e execução de procedimentos. As famílias ainda estão muito motivadas e trabalham na comida fraterna e economia solidária.

O segundo projeto é em Santiago, Chile, no distrito de Puente Alto, onde está sendo desenvolvido um programa que consiste na captação de recursos e na construção de dois centros Comunitários em um “acampamento” (agrupamento de casas precárias instaladas ilegalmente em terrenos privados)da zona sul de Santiago, metas que atualmente estão em desenvolvimento e espera-se que sejam concluídas em Dezembro deste ano.

A campanha de arrecadação de fundos será realizada entre as 6 mil famílias e 600 trabalhadores que compõem a Rede Educacional Vicentina no Chile, utilizando como vídeos de divulgação de elementos de conscientização e a colaboração dos jovens que participaram do 6º Encontro Vicentino de Estudantes, que assumiram um compromisso como promotores desta iniciativa.

Em contrapartida, foram selecionados os moradores do Acampamento El Peñón para a construção da sede comunitárias no município de Puente Alto, em Santiago, que são agrupados em 2 Comitês – num total de 88 famílias, incluindo 44 crianças – que canalizam as necessidades. dos seus membros, bem como coordenar os esforços conjuntos para melhorar a sua qualidade de vida e procurar uma solução definitiva de habitação.

Este projeto considera um trabalho conjunto com os Comitês e seus membros, em termos de contribuições, gestão e sustentabilidade, para que a participação dos próprios beneficiários em cada etapa seja efetivamente incorporada.

Fonte: http://filles-de-la-charite.org/


Tags:

Pin It on Pinterest

Share This