Sections

Do VFO: Jubileus: Caridade e Missão. Portugal

família vicentina portugal

Padre Agostinho Sousa, CM, escreve…

Um momento histórico e de júbilo

O universo Vicentino vive um momento histórico e de júbilo, de memória e de acção de graças, de refontalização e de criação de novas respostas para os novos apelos e desafios.

A célebre frase de Vicente de Paulo “este povo morre de fome e condena-se” serviu de inspiração a respostas prontas e concretas às necessidades daquele tempo e deu origem às duas grandes asas da acção vicentina ao longo destes quatro séculos. Caridade e Missão, são identidade permanente para todos os que procuram seguir as pisadas do Santo da Caridade, também conhecido, pelo ‘místico da acção’ (Dodin, “St Vincent de Paul mystique de l’action religieuse”, Mission et Charité, n.º 29-30 (jan-avril 1968), pp. 26-47).

Neste cantinho que é Portugal, há um outro motivo para celebrar e louvar o Pai das Misericórdias que quis plantar neste “jardim à beira mar” a Congregação da Missão. São trezentos anos de história, de homens valorosos, que romperam fronteiras levando a Boa Nova não só “ad intra” mas também a outros continentes. Muitas vezes perseguidos, alguns deles derramando o seu sangue, foram escrevendo belas páginas de dedicação e entrega ao Evangelizador dos Pobres e de imitação e seguimento do “Pai dos Pobres”.

Atenta a esta presença e acção dos filhos e filhas de S. Vicente e de toda a Família Vicentina a Conferência Episcopal Portuguesa, para assinalar o duplo jubileu, aprovou a 10 de Novembro de 2016 (data próxima da chegada do P. Gomes da Costa, a Lisboa) uma Nota Episcopal de Reconhecimento na qual deixou alguns desafios, entre os quais: “Colocar ‘novo ardor’, procurar ‘novos métodos’ e assumir ‘novas expressões’ na transmissão do ADN vicentino às novas gerações e a assumir o apelo da Igreja e do mundo à renovação permanente na linha da ‘mística da caridade’ e comprometer-se com todas as situações que degradam a dignidade do homem”.

Leia o restante deste artigo, veja fotos e encontre mais notícias dos conselhos da Família Vincentiana Nacional no site do Escritório da Família Vicentina.

,

No comments yet.

Deixar uma resposta